7 de maio de 2013

V Jornadas Técnicas


Como é apanágio desta Escola, realizaram-se mais uma vez ,nos dias 22 e 23 de abril, as Jornadas Técnicas da EPADRV.
A Comissão organizadora, incumbida de explorar um tema, decidiu que, e com acordo do Orgão de Gestão, face às dúvidas vividas quanto ao futuro da Humanidade, o tema fosse “ O Futuro:- Que Desafios “., a fim de podermos dar um contributo para a solução Global. O nosso desafio estava lançado. Mãos à obra, e os palestrantes foram sendo sugeridos e selecionados de modo a que a sua participação fosse uma mais-valia das Jornadas.
Abriu as Jornadas o Dr. Francisco Sarmento, que abordou o tema da alimentação, demonstrando o contraste fome/fartura e apontando algumas medidas que, se tomadas no futuro, poderão minimizar este problema. Nesta sequência interviu de seguida o Professor Milton Costa, da Universidade. Coimbra, sobre Microbiologia Alimentar, apontando comportamentos que a Humanidade deve assumir a fim de preservar a água e a alimentação. Eis que demos a palavra à Tecnologia, intervindo o Engº. Abílio Borges, Professor da U. Aveiro, demonstrando como a robótica e a automação podem resolver alguns desafios futuros. Tivemos a oportunidade de conhecer um projeto que está já a ser testado, e com êxito, pelos Hospitais da Universidade de Coimbra, de um Difusor de Cartilagem, feito em parceria com a U. Aveiro. Num futuro próximo poderá vir a substituir muitas intervenções cirúrgicas. Seguidamente foi a vez do Engº. Bruno Silva abordar o tema sobre o controlo de motores assicronos com variador de velocidade. Relacionou o tema com a necessidade de poupança energética e consequente preservação ambiental que o futuro necessita. Um tema aguardado com expetativa pelos alunos de Produção Agrária foi o das perspetivas e desafios leiteiros, abordado pelo Engº. Adalberto Póvoa, que apontou caminhos para o futuro de quem se dedicar à exploração de leite. Não podia faltar a Floresta e os Seus Recursos, intervindo o Engº. Luis Sarabando, indicando o caminho do associativismo e da gestão da floresta como meios de encarar o futuro.O primeiro dia estava cumprido, e as expetativas tinham sido superadas.
No dia 23 abriu as Jornadas o Dr. Artur Almeida abordando a riqueza turística da Zona Centro, desafiando os presentes a explorá-la, como recurso do futuro. Dentro do mesmo tema interveio a Dra. Maria da Glória Campolargo, abordando também o futuro do Turismo em Meio Rural, e como se podem candidatar a formar uma Empresa do Género. Ainda sobre o Turismo no Futuro, intervieram o Dr. Rui Raposo e o Dr. Hugo Magalhães, abordando respetivamente o tema do Papel das Tecnologias no Turismo e as Potencialidades do Ecoturismo em Aveiro, situações que apontaram como futuro.  As workshops destinadas aos alunos de Turismo incidiram sobre o Turismo no Espaço Rural e as Tecnologias ao serviço do Turismo, acompanhando assim as temáticas apresentadas pelos palestrantes no período da manhã, bem como o Turismo da Guiné Bissau e de São Tomé e Príncipe.
Voltámos de novo às Tecnologias, e o Engº. Nelson Martins, da U. Aveiro, apontou o contributo que as Energias Renováveis poderiam dar ao futuro, e na sequência da sua intervenção foi a vez do Engº Miguel Condesso, tendo abordado o tema Coaching. Aqui o futuro esteve mesmo ao pé de nós, tendo o interveniente levado a plateia a entender e a acreditar que o futuro estava nas mãos de cada um, não podendo nós adormecer esperando que as soluções viessem ter connosco. Realçou ainda a importância que o empreendedorismo e a inovação têm  nos desafios futuros. Para fechar em beleza, tivemos a presença do Engº. João Bernardo, da Direção Geral de Energia e Geologia. Abordou o panorama das energias em Portugal e a necessidade futura da poupança energética para preservação do meio ambiente.
Não podemos esquecer as Workshops que foram decorrendo paralelamente às palestras. A Empresa SIRO fez um Workshop visando o futuro dos substratos e com algumas inovações das quais destaco a pequena horta sem quintal. Os alunos de Turismo realizaram um Workshop em que demonstraram as potencialidades turísticas da Zona Centro, tendo os alunos dos Cursos de Técnico de Manutenção Industrial e de Energias Renováveis apresentado um Workshop sobre a sua visão da Eletricidade, Automação e Robótica como elementos decisivos no futuro numa gestão controlada, que cativou bastante os alunos dos outros Cursos, pois estes tornaram-se intervenientes no trabalho apresentado.
Resta-nos agradecer a mais valia que todos os intervenientes trouxeram aos nossos alunos.
NÃO TEMOS DÚVIDAS: NESTAS JORNADAS ABRIRAM-SE AS PORTAS DO FUTURO.
ATÉ PARA O ANO!
                                                                                                             
(Maria Augusta de Jesus Vieira)

Sem comentários: