3 de fevereiro de 2014

Sabe a ... Crepes!

Os alunos de Francês dinamizaram hoje a comemoração da “La Chandeleur”, assinalando uma tradição francesa que ocorre 40 dias depois do Natal. O Polo de Restauração foi pequeno para tantos alunos, professores e funcionários que quiseram degustar os maravilhosos crepes com recheios variados confecionados pelos nossos alunos.




Algumas curiosidades : 
 O nome 2La Chandeleur" deriva do latim (candelaria – candeia) e a sua origem remonta à Antiguidade Romana e às festividades em honra do deus Pan, deus dos bosques, dos campos, dos rebanhos e dos pastores, durante as quais os fiéis percorriam as ruas com tochas. A partir do século XIV, esta festa passa a ser associada à Nossa Senhora das Candeias. Nos nossos dias, confecionam-se e degustam-se os famosos crepes que, pela sua forma redonda e pela sua cor dourada, fazem lembrar o sol constituindo, desta forma, como que um apelo ao regresso da Primavera após o Inverno. Manda a tradição que, durante a confeção dos crepes se tenha na mão esquerda uma moeda, para trazer prosperidade e abundância durante todo o ano. Outra superstição diz-nos que o primeiro crepe confecionado não deve ser comido, mas antes guardado para dar sorte e para que as colheitas sejam abundantes. 

Sem comentários: