24 de fevereiro de 2013

Visita ao mundo das energias

Nos dias 5, 6 e 7 de fevereiro as turmas do 12º ano de Energias Renováveis e do 11º de Manutenção Industrial fizeram uma visita de estudo. A viagem, de autocarro e que durou três dias, teve como primeiro ponto de interesse para os cursos a visita ao Museu da Eletricidade /Central Tejo, na cidade de Lisboa. Aqui os alunos puderam observar a recriação de experiências piloto e ouvir acerca da história da eletricidade e produção de energia térmica.
Depois do almoço no Centro Comercial Colombo, alunos e professores rumaram a Beja, onde ficaram alojados na Pousada da Juventude. Ao outro dia, a rota levou-os até Moura (visita à Lógica EM) e à Amareleja (para a visita à Central Solar). O frio era muito nesse dia mas o sol brilhou intensamente no céu. Foram, nestes locais, aprofundados conhecimentos na área da energia solar. O almoço, que assinalou a pausa entre as duas visitas, teve lugar na Escola profissional de Moura.
Em Moura houve ainda tempo para visitar a Empresa FMS - Fábrica Solar de Moura -, cuja produção está neste momento parada mas cuja visita guiada, ainda assim, fez luz sobre o processo de criação e fabrico de painéis solares.
No último dia, deslocação a uma cidade perto de Sevilha, Espanha, para conhecer a Central Fotovoltaica de Abengoa, em Sanlúcar la Mayor, um espantoso exemplo de reconstrução de um espaço destruído pela explosão de uma mina e a sua requalificação numa central de energias renováveis que toma partido da luz e do sol que por ali brilha durante muito tempo durante o ano. Explicações conhecedoras e a visita ao museu inserido no espaço completaram lacunas e aprofundaram conhecimentos.
(Fátima Laouini)
Um artigo sobre a visita saiu também no "Diário de Aveiro" de dia 20 de fevereiro, na rubrica Folha Persistente.

Posteriormente, ficou patente na escola uma exposição sobre a visita, organizada pelo Diretor de Curso de Energias Renováveis e pela Diretora de Turma do 12º TER. Inclui fotos, informações sobre os locais e testemunhos dos alunos.

Sem comentários: